Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




      Com a entrada no 1º ciclo, muitas são as dúvidas e expetativas dos pais em relação ao desempenho escolar dos seus filhos. Não há dúvida que todos os pais querem o melhor para os seus filhos e com a escola não é exceção, também aqui esperam que os seus filhos não só venham a ser bons alunos como também alunos dedicados.

      Mas por vezes quando as matérias começam a complicar e exigem maior concentração e dedicação por parte dos alunos, o cenário altera-se e é aqui que fica difícil perceber o que fazer para inverter a situação.

      Antes demais, enquanto pais devem desde cedo proporcionar um ambiente de estudo adequado em suas casas. É importante, mesmo quando eles ainda são pequeninos – 4/5 anos –, habituarem-se a ter um espaço em casa para aprender coisas novas e que o reconheçam como tal no futuro. Quando a criança chega à idade escolar, vai com certeza escolher esse local como o ideal para fazer os trabalhos da escola ou estudar. Claro está, que é sempre importante que os pais o acompanhem nesse processo e acreditem que as dificuldades são muitas vezes ultrapassadas, ou até mesmo evitadas, se desde tenra idade os pais explicarem a importância de estudar para a vida futura da criança.

      Quando ainda assim, as dificuldades persistem, não desistam dos vossos filhos:

  • Conversar com o seu filho para perceber o porquê das dificuldades: “O que é que se anda a passar para andar mais distraído?”; “Aconteceu alguma coisa na escola?”; etc;
  • Fazer uma retrospectiva da vossa vida nos últimos tempos a fim de perceber se houve algum acontecimento que possa ter desencadeado essa falta de atenção, falta de interesse;
  • Entrar em contacto com o Professor Titular ou com o Diretor de Turma e marcar uma hora de atendimento – lembrem-se que o envolvimento escola/família é fundamental;

 

      É importante evitar o castigo, a punição, valorizem sempre a Educação pela Positiva – procurem sempre recompensar o esforço através de elogios, do reconhecimento, de pequenos prémios como mais 15min de T.V. (em vez de a “tirar” por completo), um passeio no fim de semana ao local preferido dele, ser ele a escolher o jogo para jogar em família, ser ele a escolher a comida na 6f , entre outros.

      Para além de tudo isto, é fundamental darem o “exemplo” aos vossos filhos. Ou seja, não os queiram pôr a estudar, principalmente os mais pequeninos, enquanto assistem a um filme ou um jogo na televisão, por exemplo. Nessa altura, arranje qualquer coisa para fazer (organizar contabilidade, porque não; ou ler um livro/jornal) e sente-se com ele, vai ver que atitude muda completamente.

 

      “Aprender” é desenvolvermo-nos, é tornarmo-nos adultos mais capazes. Ajudem os vossos filhos a olhar para a escola de uma forma mais positiva.

 

http://carlosamarques.blogspot.pt/2013_01_01_archive.html

http://carlosamarques.blogspot.pt/2013_01_01_archive.html 

Márcia Fidalgo

Professora de 1º Ciclo e de Educação Especial

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


7 comentários

Sem imagem de perfil

De Vítor Hugo a 11.11.2014 às 12:26

Boas dicas, contudo a instrução não é nada apelativa, compõem-se de um conjunto de dados que não fazem falta nenhuma (no geral), carece de dinâmicas ludicas que ensinem realmente e preparem os futuros jovens adultos a pensar por si, na diversidade e sem competição.
Imagem de perfil

De centrosermais a 25.11.2014 às 18:08

Não é possível fazer uma abordagem simplista, mas uma das coisas que salta mais à vista é a necessidade de as Escolas se modernizarem, tornando mais dinâmicos e estimulantes os métodos de ensino. É fundamental começar a identificar os canais de comunicação a que os alunos estão mais recetivos e organizar as aulas em função disso. Afinal de contas, o objetivo de quem Ensina deveria ser sempre estimular a curiosidade natural e a valorização do Saber por parte dos alunos...


Sem imagem de perfil

De elias a 11.11.2014 às 13:10

se nossos filhos nao entenderem a importancia da escola nos devemos explicar para eles que serve para ocupar o tempo entre o periodo da vida no qual eles nao podem trabalhar e o periodo no qual eles ja se formaram e podem trabalhar mas nao tem emprego, isso ha de motivar-los
Imagem de perfil

De energia-a-mais a 11.11.2014 às 17:07

Antes de mais, temos de ser nós pais a perceber que a escola não pode ter «a importância toda»! damos muita importância à escola, como se não houvesse vida para além dela, transformamos a vida dos nossos filhos em maratonas de notas escolares, desde a mais tenra idade atribuímos à escola um significado maior (perguntamos - «como vai a escola?» e não »como estás? estás feliz?»). Está na hora de questionarmos a escola até porque está mais que provado que a dos nossos dias, no nosso país e com o atual sistema, a escola é tudo menos o «melhor sítio» para educar as nossas crianças!

Teresa
www.energia-a-mais.blogs.sapo.pt
Imagem de perfil

De centrosermais a 25.11.2014 às 18:39

Concordamos que a Escola não pode ter "a importância toda", assim como nenhuma outra área o deve ter. Todos nós somos formados pelas experiências que adquirimos em vários contextos. Perguntar como correu a escola é tão importante como perguntar como correu o futebol ou se gostou do filme que foi ver com os amigos. É mostrar-lhes que nos interessamos por aquilo que acontece na sua vida. Por outro lado, é também abrir espaço para que fale sobre outros assuntos que dizem respeito à escola, mas não necessariamente às notas.. É comum os alunos sentirem que os pais se focam demasiado nos resultados, o que faz com que se sintam pouco confortáveis para falar sobre o que está na origem desses resultados.
Sem imagem de perfil

De T a 11.11.2014 às 19:22

Se um filho parece não entender a importância da escola é exactamente porque entendeu a sua importância, isto é, a aprendizagem na escola é quase nula e não serve para nada e por causa disso o rapaz ou a rapariga merecem ser elogiados.


Imagem de perfil

De centrosermais a 25.11.2014 às 18:41

E a que escola se refere?

Comentar artigo



Visitantes

Free Counter
Free Counter





O Ser Mais

foto do autor


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Revista de blogues

logopumpkin